Associação Selectiva Moda vania@selectivamoda.com
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies. Saiba Mais

SOFISTICAÇÃO, CHARME E ESTILO MADE-IN PORTUGAL

Numa acção levada a cabo pela Associação Selectiva Moda, no âmbito do projecto de internacionalização From Portugal, 9 empresas portuguesas viajam até à cidade luz para integrarem o elenco de dois salões de referência: Who’s Next e Salon International de La Lingerie.

#Girlsquad é o tema que serve de inspiração para a primeira edição de 2017 do salão Who’s Next, que decorre de 20 a 23 de janeiro. Entre as 700 marcas presentes, destaque para os 5 expositores portugueses - Concreto – Kalisson & Bagoraz - Luís Buchinho - Maloka - Pé de Chumbo – que apresentam em Paris uma oferta bastante diversificada, onde a versatilidade e sofisticação são as palavras de ordem.
 
Teresa Marques Pereira, brands development do Grupo Valérius, realça a importância da presença da Concreto na Who’s Next, «esta feira continua a ser a aposta da Concreto para a internacionalização. É um encontro da fileira têxtil internacional e reúne todas as condições para que se possa expandir internacionalmente a nossa marca. O mercado francês não é uma escolha por excelência, mas a feira serve para atendermos os nossos clientes do Japão, do México, de Itália entre outros». A marca apresentou várias mudanças nas últimas colecções «tornou-se mais versátil, mais europeia, mais cosmopolita! e isso obrigou a uso de novas matérias-primas, mais nobres, mais puras e de ainda melhor qualidade. A atenção aos detalhes e aos acabamentos dos tricotados, a coordenação dos temas da coleção em versão total look é a nossa grande aposta!», acrescenta.
 
Luís Buchinho, presença assídua neste certame, continua a considerar que este é um certame de presença obrigatória. «Apesar dos últimos acontecimentos e de se assistir a uma diminuição da afluência de buyers internacionais, nomeadamente asiáticos e do médio-oriente, Paris ainda é o epicentro de moda e captação de clientes internacionais. A nossa contínua aposta num stand na Who's Next para apresentação de colecções, pretende reforçar as relações comerciais já estabelecidas, bem como conquistar novos clientes e novos mercados», explica Carla Reis, international sales agent da marca. «As nossas expectativas são elevadas, embora conscientes da actual quebra de tráfego, no entanto a marca tem apresentado um crescimento contínuo desde a nossa 1ª participação em 2013», acrescenta.
 
Uma das representações da moda de senhora made-in Portugal será feita pela Maloka, que apresenta em Paris a sua colecção de inverno 2017. «Consolidar a internacionalização e aumentar a nossa carteira de clientes e encomendas, são os nossos principais objectivos», indica Felicidade Carvalho
 
Os casacos longos, em jogos de lã grossos, em xadrez com aspeto de cestaria, assim como as cores escuras e carbonizadas, enriquecidas pelo tom prata, são alguns dos destaques na colecção da Pé de Chumbo, onde as texturas são como sempre um elemento diferenciador. Para Alexandra Oliveira, designer da marca, esta feira continua a ser um ponto de passagem fundamental «participamos nesta feira desde 2007, é para nós a feira onde temos visita da maioria dos nossos clientes, por isso é uma feira onde temos que participar. Além disso, consideramos a feira mais internacional em que já participamos tanto a nível de expositores como de visitantes... Paris, é ainda a cidade da moda»
 
A Who’s Next é considerada a principal feira internacional de moda, que recebeu na sua última edição cerca de 38 mil visitantes. 
 
Também em Paris, no Paris Expo Porte de Versailles, de 21 a 23 de janeiro, irá realizar-se a primeira edição anual do Salon International de La Lingerie conta com a presença de 4 marcas portuguesas: Cisne Branco – Iora Lingerie – Sister Moon - Teamstone. As principais tendências da moda íntima estarão em exposição durante três dias. 
 
“Thread” é a inspiração desta edição, simboliza os laços que ligam o sector, expressa continuidade, assim como uma direcção que orienta os visitantes da feira, e ilustra também o conceito do certame. 
 
«Escolhemos a SIL por ser a maior feira de lingerie da Europa, com um diversificado e potencial número de compradores», revela Pedro Marques Pereira, export manager da Cisne Branco. Na sua estreia em Paris, a marca destaca «os artigos em “bipolar” e jacquards para homem».
 
Veterana neste certame, a Iora Lingerie regressa a Paris com uma colecção de robes, camisas de noite, pijamas e liseuses de senhora. «Esta é uma feira a nível mundial e a mais importante de todas, queremos aumentar o nosso volume de negócios e posicionar a nossa marca», afirma Cristina Flores, manager da empresa.
 
Salon International de La Lingerie é o certame líder neste segmento a nível mundial, na sua última edição contou com a presença de 480 marcas, oriundas de 37 países. O salão encontra-se dividido em 6 grandes áreas: The Essentials – Designer Labels – Cocooning – Beautiful Legs – Creative Labels – Super Heroes.
 
A participação de 5 empresas portuguesas na Who’s Next e de 4 empresas portuguesas, em mais uma edição do Salon International de La Lingerie, é uma iniciativa promovida pela Selectiva Moda e pela ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, que visa promover a internacionalização das empresas portuguesas da área da Moda. O projeto From Portugal 2017 é co-financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 - Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, tendo um montante de apoio elegível de 12.422.824,75 €, dos quais 6.815.741,00 € são provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.