Associação Selectiva Moda vania@selectivamoda.com
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies. Saiba Mais

PROJETO ITV: NOVOS DESAFIOS DA COMPETITIVIDADE RESULTADOS

O projeto ITV: Novos Desafios de Competitividade promovido pela ATP – Associação Têxtil de Vestuário de Portugal, no âmbito do Sistema de Apoio a Ações Coletivas – Qualificação, foi apoiado pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização – Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, e decorreu entre 01-03-2018 e 29-02-2020.

O projeto ITV: Novos Desafios de Competitividade promovido pela ATP – Associação Têxtil de Vestuário de Portugal, no âmbito do Sistema de Apoio a Ações Coletivas – Qualificação, foi apoiado pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização – Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, e decorreu entre 01-03-2018 e 29-02-2020.

O projeto teve como objetivo central capacitar o tecido empresarial para a adoção de modelos de negócio emergentes e geradores de valor, sensibilizando, informando e estimulando o desenvolvimento de novas áreas de competência nos domínios da digitalização da indústria, do e-commerce e da economia circular, tendo em vista a adoção de uma estratégia de transformação digital na ITV.

Para alcançar este objetivo realizaram-se atividades estruturadas numa lógica de complementaridade e no sentido de colmatar carências específicas identificadas em cada um dos domínios referidos, combinando ações de sensibilização, de informação e de demonstração de boas práticas, cujos principais resultados foram os seguintes:

  • Atividade 1 – ITV Digital

O livro digital Diretório para a transformação digital da ITV contém informação essencial sobre como promover o gradualismo na transformação digital dos processos da ITV, contribuindo para dissipar reservas, ultrapassar resistências à mudança, descomplicar conceitos associados à terminologia digital e mostrar as vantagens da aplicação prática das ferramentas digitais nos processos industriais, organizativos, comerciais e do marketing, constituindo uma mais-valia reconhecida pelos agentes económicos da fileira como um instrumento de fácil compreensão e muito útil para orientar a transformação digital na ITV.

  • Atividade 2 – ITV Online

As ações inseridas nesta atividade seguiram a mesma lógica para cumprir os principais objetivos, nomeadamente estruturar e disponibilizar informação essencial para o setor com conteúdos adaptados às particularidades das empresas e às transformações digitais, por via do Pórtico Digital, bem como sensibilizar, promover, apresentar e debater com diversos stakeholders da ITV os desafios, alterações e vantagens inerentes à adoção de modelos de negócio assentes na economia digital, através da edição do Livro Digital, Modelos de Negócio: ITV ON e da realização de um Simpósio dedicado ao tema, Economia Digital: Mais Competitividade, Mais Valor, Melhor Indústria.

A atividade contribuiu para abrir horizontes aos principais responsáveis da ITV, no sentido de promoverem o mais breve possível os processos de adaptação e reestruturação dos seus modelos de negócio, introduzindo ferramentas tecnológicas com impactos em toda a cadeia de valor e que aumentam significativamente a rapidez de execução, a eficiência, a fiabilidade e a flexibilidade, tornando as empresas mais ágeis, eficientes e competitivas.

  • Atividade 3 – ITV Circular

A promoção de processos de Economia Circular está na ordem do dia e a ITV assume a responsabilidade estratégica de contribuir para melhorar as condições de ecoeficiência dos seus processos. Nesse sentido, o livro digital Pode a ITV ser circular? integra conteúdos como a análise da situação atual no setor, recomendações sobre boas práticas e a demonstração com casos de eficiência ambiental aplicáveis designadamente de racionalização de processos de organização interna e da reutilização de recursos naturais como a água, energia, resíduos, entre outros, evidenciando que os princípios da economia circular são fatores de competitividade e podem, ao mesmo tempo, ser um novo modelo de negócio para o setor assegurando viabilidade económico-financeira e sustentabilidade ambiental.

  • Atividade 5 – ITV 2025

As ações enquadradas nesta atividade tiveram como objetivo orientar o setor na definição de novos posicionamentos estratégicos para a oferta com mais valor, e dar contributos para uma visão prospetiva no horizonte 2025, tendo sobretudo em conta os efeitos da transformação digital nos negócios. O estudo, A Fileira Têxtil e Vestuário no horizonte 2025 integra informação (nacional e internacional) atual sobre o setor, principais macrotendências, cenários de evolução de médio prazo, no pressuposto de não ocorrência de situações de crise que alterem as macrotendências identificadas. O Sistema de Avaliação e Rating da ITV, faz a promoção de práticas de autoavaliação e de benchmarking sustentados numa metodologia de análise comparativa de indicadores de gestão. Trata-se de um sistema que tem a vantagem de já ter sido utilizado com sucesso noutros mercados.

A realização do simpósio ITV no Horizonte 2025: Uma Visão prospectiva permitiu divulgar as ações realizadas e debater os pontos de vista com os diversos stakeholders sobre os desafios a enfrentar pela ITV nos próximos cinco anos, bem como promover a análise de elementos de informação que suportam a visão prospetiva e justificam a definição de novas estratégias para o setor.

Em suma, os resultados alcançados foram de extrema relevância e suscetíveis de produzir impactos muito relevantes na economia do setor, na medida em que se abordaram temáticas atuais que impactam significativamente a vida das empresas, designadamente a valorização e transferência de tecnologia, a qualificação de recursos humanos e o desenvolvimento de novas áreas de competência, a economia circular e a digitalização da indústria – Indústria 4.0, se disponibilizou ao tecido empresarial instrumentos e ferramentas de apoio à gestão operacional e estratégica que, de outro modo, as empresas não teriam acesso, auxiliando o seu progresso na cadeia de valor.

O projeto ITV: NOVOS DESAFIOS DA COMPETITIVIDADE é promovido pela ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal decorre ao longo de 2 anos. É cofinanciado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 - Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, tendo um investimento estimado de 614.504,54 € e um montante de apoio elegível de 522.328,86 € provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.