Associação Selectiva Moda vania@selectivamoda.com
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies. Saiba Mais

PORTUGAL ASSUME UMA DAS MAIORES PRESENÇAS DE SEMPRE NA MOMAD

Associação Between Parallels (reúne 9 marcas), Cristina Barros, Concreto, Get In Vibe, Josefinas, Kalisson/Bagoraz, Marita Moreno, Marcial Martins, Marjocri e Scusi são as empresas portuguesas que compõem a comitiva FROM PORTUGAL às quais se junta o iTechStyle Green Circle a marcar presença em mais uma edição da feira espanhola de moda e acessórios, a MOMAD, que decorrerá de 17 a 19 de setembro, em Madrid.

Considerada uma importante feira do universo da moda e acessórios, a MOMAD regressa à IFEMA de 17 a 19 de setembro com uma já habitual presença de peso das empresas portuguesas. É o caso da Marcial Martins que participa, com bons resultados na feira espanhola de moda desde 2004. “Espanha é o nosso principal mercado e o feedback da MOMAD é sempre positivo até porque os visitantes são sobretudo espanhóis e portugueses”, considera Marcial Féliz, diretor comercial da empresa que apresentará na MOMAD as novidades da Coleção Primavera Verão 2022.

O mesmo fará a Concreto que depois de participar nas feiras de Munique e Paris regressa agora a Madrid onde apresentará uma coleção jovial e colorida. “Estamos confiantes até porque as outras feiras correram bem, mas é preciso medir as expectativas destes regressos para que não saiam demasiado altas e depois defraudem a realidade”, lembra Teresa Marques Pereira, CEO da marca feminina.

Um pouco mais otimista está a marca sustentável Marita Moreno que recorda que “nas duas participações que tivemos anteriormente, o feedback foi fantástico – na 1ª participação obtivemos o prémio MOMAD Sustentabilidade, Moda e Negócio, e por isso foi-nos oferecido o stand da segunda participação. Na segunda participação em Fev20 angariamos mais de uma dezena de clientes, o que foi ótimo”, revela Pedro Marinho, diretor comercial.  Nesta terceira participação a Marita Moreno levará os modelos clássicos da marca, mas também, acrescenta Pedro Marinho, “modelos novos com pele de maça, cortiça, borracha reciclada e outros materiais inovadores para FW22/23”.

Quem se estreia em absoluto é a Associação Between Parallels que terá na MOMAD a sua primeira participação em feiras internacionais. “É para nós muito importante mostrar o Made in Portugal sustentável e a MOMAD pareceu-nos a feira ideal pela componente ecológica que tem vindo a seguir e sendo no país vizinho com um mercado muito próximo do nosso”, refere Virgína França, presidente do conselho fiscal da Associação que terá no seu espaço 9 marcas portuguesas mostrando moda e sustentabilidade num casamento perfeito.

Pela primeira vez na MOMAD está também a marca Josefinas que, explica Joana Esteves, retail manager, considera “a feira potencialmente interessante e uma boa estreia”. Com os olhos postos no mercado espanhol, que a marca quer alcançar, Joana Esteves promete várias novidades a serem apresentadas em primeira mão na feira madrilena.

Aumentar a notoriedade da marca é o principal objetivo da Marjocri que levará à MOMAD “a nossa gama de produtos Handmade, com matérias primas naturais e orgânicas, mais sustentáveis e que privilegiam o conforto e o bem-estar de quem as usa”, enumera Joana Moura, responsável pelo marketing e comunicação. ”Pretendemos dar a conhecer a nossa marca no mercado espanhol, aproveitar as sinergias e o fator de proximidade geográfica para iniciar o processo de internacionalização da marca”, acrescenta ainda Joana Moura.

Relativamente ao iTechStyle Green Circle é um showcase da vanguarda do têxtil português no campo da sustentabilidade e mostra como Portugal é pioneiro em alguns processos na economia circular. O showcase de inovação organizado pelo CITEVE e a Selectiva Moda é dedicado à moda e utiliza apenas matérias-primas com relevante conteúdo ao nível da sustentabilidade e/ou economia circular (Fibras, fios, linhas, cordas e outros similares; Tecidos, malhas, não tecidos e outras estruturas têxteis; Peças de vestuário, têxtil-lar ou outros produtos/ componentes confecionados.)

A participação das empresas portuguesas na MOMAD é uma iniciativa da Selectiva Moda e da ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, que visa promover a internacionalização das empresas portuguesas da área da Moda. O projeto “From Portugal” é co-financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 - Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, tendo um montante de apoio elegível de 11.042.311,82 €, dos quais 6.065.501,91 € são provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.