Associação Selectiva Moda vania@selectivamoda.com
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies. Saiba Mais

PODE A ITV SER CIRCULAR?

Está disponível no site da ATP, o Estudo “PODE A ITV SER CIRCULAR?”, realizado no âmbito do projeto ITV: Novos Desafios da Competitividade.

Está disponível no site da ATP, o Estudo “PODE A ITV SER CIRCULAR?”, realizado no âmbito do projeto ITV: Novos Desafios da Competitividade.

O Estudo “Pode a ITV ser Circular?” enquadra-se na estratégia da ATP - Associação Têxtil e Vestuário de Portugal de dotar o setor com informação específica sobre temas que comportam novos desafios de competitividade e que requerem capacitação adequada do tecido empresarial para alterar posicionamentos estratégicos, modelos de negócio, processos organizativos, entre outros, que promovam a importância crescente da aplicação dos princípios da economia circular nos modelos de produção da Indústria Têxtil e Vestuário (ITV) bem como o aumento das competências dos recursos humanos para este tema, demonstrando que a Economia Verde é um modelo de negócio sem retorno.

Como se tem vindo a verificar, a economia linear aliada ao aumento da população mundial origina a procura crescente de matérias-primas, muitas delas escassas e finitas, o que tem causado grandes impactes no ambiente. Isto porque, para além da dependência de alguns países da União Europeia (UE) e de outros países para as matérias-primas necessárias, a extração e a utilização destas aumentam o consumo de energia e as emissões de CO2. Assim, atendendo a que a economia circular é inevitável, e um compromisso que tem de ser assumido por todos, a ITV nacional tem de mostrar que é piloto neste novo desafio, a que acrescem outros como os resultantes da economia digital, da diversificação tecnológica do setor (têxteis técnicos e funcionais, novas matérias-primas, novos produtos e novos mercados) e da sustentabilidade e que deverão ser vistos como uma oportunidade de consolidação do futuro da ITV Portuguesa.

O trabalho realizado procurou assim ser um facilitador neste processo de transição para uma economia circular e alertar para alguns dos seus efeitos nas empresas com o objetivo de estimular as mudanças necessárias e criar condições que permitam responder aos desafios deste novo paradigma. Pretendeu-se, também, coligir e tratar informação dispersa, mas relevante, sobre o tema bem como sobre casos concretos de empresas, nacionais e internacionais, que já estão a implementar processos de melhoria tendentes à aplicação dos princípios circulares.
Desta forma, a ATP espera que este trabalho dê um contributo importante para o esclarecimento e sensibilização do tecido empresarial para as questões deste novo paradigma com vista a estimular as mudanças estratégicas nas empresas que permitam assegurar a internacionalização da sustentabilidade ambiental, traduzida no desenvolvimento de produtos mais verdes, que pode trazer vários benefícios, nomeadamente o retorno do investimento, o aumento das vendas, o aumento da competitividade e a melhoria da imagem.

O projeto ITV: NOVOS DESAFIOS DA COMPETITIVIDADE é promovido pela ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal decorre ao longo de 2 anos. É cofinanciado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 - Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, tendo um investimento estimado de 614.504,54 € e um montante de apoio elegível de 522.328,86 € provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.