Associação Selectiva Moda vania@selectivamoda.com
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar a nossa página, concorda com a nossa política de cookies. Saiba Mais

Comitiva From Portugal apresenta-se em peso na Munich Fabric Start

O mês de fevereiro arranca em grande força para as mais de 20 empresas portuguesas que se farão representar em mais uma edição da Munich Fabric Start. Considerada uma das feiras líder internacionais de tecidos e acessórios, a Munich Fabric Start conta com mais de 1000 expositores de 40 países. Portugal é um dos grandes representados.

6 DIAS – ANTÓNIO MANUEL DE SOUSA – A. SAMPAIO – ALBANO MORGADO – BW FASHION – CARVEMA – FITECOM – J.AREAL – JOÃO&FELICIANO – JOSÉ DE ABREU – LURDES SAMPAIO – M.M.R.A. – MAGMA – MODELMALHAS – RAITH – RDD – SANMARTIN – SATINSKIN – SCOOP – SIDÓNIOS – TINTEX – TRIMALHAS – TOP TRENDS – TROFICOLOR

O mundo dos têxteis volta a reunir-se nos próximos dias 4 a 6 de Fevereiro, para mais uma edição da Munich Fabric Start, uma das principais feiras do sector a nível mundial. Já presença assídua na feira, a indústria portuguesa volta a fazer-se representar com uma uma forte comitiva empresarial.

6 Dias, A Sampaio, Albano Morgado, BW Fashion, Carvema, Fitecom, J.Areal, João&Feliciano, José de Abreu, Lurdes Sampaio, M.M.R.A., Magma, ModelMalhas, RDD, SanMartin, Satinskin, Sidónios, Tintex, Trimalhas, Troficolor, António Manuel de Sousa, Raith, Scoop, Top Trends integram a comitiva From Portugal, às quais se juntam as empresas Paulo de Oliveira, Riopele, Penteadora, Somelos e Tessimax que marcarão presença em Munique, de 2 a 4 de Fevereiro, para as novas coleções Primavera- Verão.

Manter a plataforma de negócios e atrair potenciais clientes são os dois grandes objetivos de mais uma participação da J. Areal na Munich Fabric Start. A participar regularmente na feira de Munique desde 2017, Luís Vieira admite que a empresa está muito voltada para os mercados nórdicos e alemão. “São clientes mais preocupados com a sustentabilidade dos produtos e menos com o preço e que fazem questão de visitar esta feira”, revela o representante da empresa nacional. Um outro atrativo da Munich Fabric Start para a J.Areal parece ser a mudança de localização, já que “depois de três edições no piso superior, vamos finalmente para o rés-do-chão onde a afluência é sempre muito maior”, conta entusiasmado Luís Vieira.

Com várias participações no bolso, também a empresa Lurdes Sampaio regressa à Munich Fabric Start com as expectativas em alta. Conceição Sá conta que levam a Munique uma coleção em que “80% dos artigos são desenvolvidos através de matérias primas sustentáveis”. Uma preocupação com o meio ambiente que, de resto, a empresa já partilha desde 2009, ano em que apresentaram os primeiros artigos sustentáveis. Para além desta linha, a empresa Lurdes Sampaio leva a Munique “uma gama de misturas mais ricas como por exemplo a cashemira”, descreve Conceição Sá, que desvenda ainda que a Alemanha e Países Baixos são os mercados de eleição da empresa nacional.

Para além de potenciais compradores de outros países, são os alemães que mais interessam à M.M.R.A que regressa a Munique para mais uma edição da feira de tecidos e acessórios com uma coleção sustentável “em resposta às exigências do mercado global”, diz Ricardo Monteiro. Ainda em posição de crescimento, de acordo com Ricardo Monteiro, a M.M.R.A. espera “atrair mais compradores alemães que queiram crescer e estabelecer parcerias de confiança”, remata.

Por seu turno, a RDD leva a Munique a nova gama consciente Undyed Cotton que, conforme descreve Dolores Gouveia economiza dez litros de água por cada quilograma de malha produzida”. Trata-se de uma gama de algodão não processado de “estética minimalista e intemporal” que a marca espera que atrai muitos visitantes e compradores ao stand da RDD na munich Fabric Start

A participação das empresas portuguesas na Munich Fabric Start é uma iniciativa da Selectiva Moda e da ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, que visa promover a internacionalização das empresas portuguesas da área da Moda. O projeto “From Portugal” é co-financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 - Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, tendo um montante de apoio elegível de 11.042.311,82 €, dos quais 6.065.501,91 € são provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.